Pesquisa epidemiológica dos óbitos maternos e o cumprimento do quinto objetivo de desenvolvimento do milênio

Beatriz Boleta Fernandes, Patrícia Santos Prudêncio, Flávia Baluz Bezerra de Farias Nunes, Fabiana Villela Mamede

Resumo


Objetivo: Identificar e descrever as características epidemiológicas dos óbitos maternos ocorridos entre 2000 a 2012 em um Hospital de referência no interior do Estado de São Paulo no intuito de colaborar para a análise do cumprimento do quinto Objetivo do Desenvolvimento do Milênio.
Método: Estudo epidemiológico, retrospectivo e transversal com a população de 58 óbitos maternos. Os dados foram coletados no segundo semestre de 2013 em prontuários e em declarações de óbitos e analisados pelo programa SPSS versão 13.0.
Resultados: Identificou-se a idade média de 29,11 anos, 56,9% com 1 a 3 gestações anteriores, 56,9% partos cesáreos, 84,5% das complicações maternas ocorreram durante a gestação e o puerpério, 81% dos óbitos ocorreram no puerpério, 56,9% dos óbitos foram classificados como causas diretas, sendo 44,8% mortes atribuídas à hipertensão arterial.
Conclusão: Há necessidade de investimento na assistência obstétrica para otimizar a diminuição das complicações no período gravídico puerperal a fim de reduzir a mortalidade materna.
Palavras-chave: Epidemiologia. Saúde da mulher. Mortalidade materna. Cuidado pré-natal. Parto obstétrico. Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.


Palavras-chave


Epidemiologia; Saúde da Mulher; Mortalidade Materna; Pré-Natal; Parto Obstétrico

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447