Enfrentando uma experiência difícil mesmo com apoio: a adolescente menor vivenciando a maternagem

Paula Rosenberg de Andrade, Conceição Vieira da Silva Ohara, Regina Issuzu Hirooka de Borba, Circéa Amalia Ribeiro

Resumo


Objetivos: Compreender o significado do cuidar do filho para a mãe adolescente menor, desvelar as demandas para o cuidado e construir um Modelo Teórico sobre essa vivência.
Método: Pesquisa qualitativa: adotou-se o Interacionismo Simbólico como referencial teórico e a Teoria Fundamentada nos Dados, como metodológico. Participaram do estudo nove mães adolescentes. Técnica de coleta de dados: entrevistas semiestruturadas, realizadas de setembro de 2008 a setembro de 2011, na consulta de enfermagem em puericultura do Centro Assistencial Cruz de Malta, instituição filantrópica da Cidade de São Paulo/ Brasil.
Resultados: A análise dos dados levou à construção do Modelo Teórico, Enfrentando uma experiência difícil mesmo com apoio.
Conclusão: A experiência revelou que as dificuldades para cuidar, mesmo com ajuda, não são supridas, apenas amenizadas e que as mães adolescentes não apresentam maturidade para superar essa vivência.
Palavras-chave: Gravidez na adolescência. Relações mãe-filho. Cuidado da criança. Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.


Palavras-chave


Educação em saude; Puericultura; Adolescencia

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447