Desempenho dos serviços de controle da tuberculose em municípios do Paraná: enfoque na família

Mara Cristina Ribeiro Furlan, Roxana Izabel Cardozo Gonzales, Sonia Silva Marcon

Resumo


Objetivo: Analisar, sob a perspectiva dos usuários, o desempenho dos serviços de saúde no controle da tuberculose em relação ao enfoque na família.
Métodos: Estudo descritivo, quanti-qualitativo com 89 pacientes que realizavam o tratamento de tuberculose no âmbito da 15ª Regional de Saúde do Paraná. Os dados foram coletados entre abril e junho de 2012 por meio de entrevistas semiestruturadas. Os dados
quantitativos foram submetidos à análise de variância ou ao teste de Kruskall-Wallis, e os dados qualitativos, à análise de conteúdo.
Resultados: Os dados quantitativos mostraram que as Unidades Básicas de Saúde apresentaram melhor desempenho em relação aos indicadores: conhecimento pelos profissionais de saúde das pessoas que moram com o usuário (p=0,1340) e avaliação dos familiares com exames específicos (p=0,1430), enquanto os ambulatórios de referência foram melhor avaliados quanto ao diálogo com os familiares sobre tuberculose (p=0,5203) e o seu tratamento (p=0,4788). Da análise dos dados qualitativos emergiram duas categorias: envolvimento da família no tratamento da tuberculose e desconexão do serviço de saúde com a família do doente com tuberculose.
Conclusões: Considera-se que a equipe de saúde deve oferecer suporte e orientações às famílias, pois elas são fonte de cuidado e apoio às pessoas em tratamento de tuberculose.
Palavras-chave: Tuberculose. Família. Avaliação de serviços de saúde. Enfermagem. Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.


Palavras-chave


Tuberculose. Família. Avaliação de Serviços de Saúde. Enfermagem.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447