Translação do conhecimento: traduzindo pesquisa para uso na prática e na formulação de políticas

Nelly Donszelmann Oelke, Maria Alice Dias da Silva Lima, Aline Marques Acosta

Resumo


Objetivo: Estudo teórico reflexivo de conceitos de translação do conhecimento e seu processo de implementação para usar evidências de pesquisas na prática e na formulação de políticas.
Resultados: O processo de translação da pesquisa para a prática é interativo e dinâmico, com limites flexíveis entre criação do conhecimento e desenvolvimento das ações. A translação do conhecimento enfoca cocriação de conhecimento com os interessados e compartilhamento desse conhecimento para garantir utilização de pesquisas relevantes para facilitar tomada informada de decisões e mudanças na política, prática e prestação de serviços de saúde. No Brasil, existem muitos desafios para implementar a translação do conhecimento: falta de familiaridade; falta de parceria entre pesquisadores e usuários do conhecimento, e baixos orçamentos para pesquisa.
Conclusões: Uma ênfase na translação do conhecimento tem potencial para impactar positivamente resultados de saúde. Futuras investigações são necessárias no Brasil para estudar abordagens para melhorar o uso de resultados de pesquisa.
Palavras-chave: Disseminação de informação. Prática clínica baseada em evidências. Formulação de políticas.


Palavras-chave


Information Dissemination; Evidence-Based Practice; Evidence-Based Nursing; Policy Making

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447