Fatores associados aos óbitos entre homens envenenados por carbamato (“chumbinho”)

Júlio César Santos Silva, Maria José Coelho, Cecília Maria Izidoro Pinto

Resumo


Objetivo: Determinar os fatores associados aos óbitos em vítimas de envenenamento por carbamato (“chumbinho”).
Método: Estudo retrospectivo, epidemiológico tipo caso-controle, baseado nas fichas de notificação de intoxicação do centro de controle de intoxicações localizado na região metropolitana do Rio de Janeiro. Foram utilizadas 24 fichas de notificação de intoxicações de homens dos 20 aos 59 anos com história de envenenamento por carbamato entre 2005 e 2009. As fichas foram sorteadas aleatoriamente, respeitando-se a razão de 1:3 (um caso para três controles). A faixa etária variou de 23 a 58 anos; a média 43,83 anos.
Resultados: Os sintomas mais recorrentes foram: miose (OR = 1.0; IC 95%: 0,27 – 3,69. p= 1.0), sialorreia (OR = 0,83; IC 95%: 0,22 – 3,12. p= 0,78), dispneia (OR = 0,66; IC 95%: 0.14 – 3,03. p= 0,59).
Conclusão: Os óbitos apresentaram associação com sialorreia, miose e dispneia e uma forte associação com estertores pulmonares, broncoespasmos e os roncos pulmonares.
Palavras-chave: Saúde do homem. Envenenamento. Estudos de casos e controles.


Palavras-chave


Saúde do homem; Envenenamento; Estudos de Caso e Controles

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447