Representação da prática gerencial do enfermeiro na unidade de internação: perspectiva da equipe de enfermagem

Rogério Silva Lima, Eliana Bernardes Lourenço, Sara Rodrigues Rosado, Roberta Seron Sanches, Silvana Maria Coelho Leite Fava, Eliza Maria Rezende Dázio

Resumo


Objetivo: Compreender os significados que a equipe de enfermagem atribui à prática gerencial do enfermeiro nas unidades de internação.
Métodos: Pesquisa exploratória, descritiva, de abordagem qualitativa, desenvolvida em um hospital geral de uma cidade do Sul de Minas Gerais. Utilizou-se a Teoria das Representações Sociais como referencial teórico. A amostra foi composta por 23 técnicos e cinco auxiliares de enfermagem. Os dados foram coletados por um roteiro de entrevista semiestruturada no período de dezembro de 2011 a janeiro de 2012. Para análise dos dados utilizou-se a análise do discurso, na concepção da psicologia social.
Resultados: Os significados atribuídos à gerência são elaborados a partir da relação de proximidade/distanciamento da equipe e das ações de cuidado aos pacientes.
Conclusões: A gerência, apreendida como processo aparte do cuidado, é qualificada como prática não familiar, de difícil compreensão e valoração.
Palavras-chave: Gerência. Enfermagem. Recursos humanos de enfermagem no hospital. Pesquisa qualitativa.


Palavras-chave


Gerência; Enfermagem; Recursos humanos de enfermagem no hospital; Pesquisa qualitativa.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447