Estratégias educativas para melhorar a adesão à identificação do paciente

Melissa Prade Hemesath, Helena Barreto dos Santos, Ethel Maris Schroder Torelly, Amanda da Silveira Barbosa, Ana Maria Müller de Magalhães

Resumo


Objetivo: analisar o impacto de ações educativas nos resultados do indicador de adesão à verificação da pulseira de identificação de pacientes, antes da realização de cuidados de maior risco.
Métodos: estudo descritivo e exploratório, conduzido em hospital universitário de grande porte, entre janeiro de 2013 e dezembro de 2014, com 6.201 pacientes entrevistados. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva.
Resultados: a análise e o acompanhamento do indicador de adesão ao uso da pulseira de identificação do paciente demonstraram uma tendência de aumento do percentual, atingindo, ao longo do período estudado, de 42,9% a 57,8%, entre janeiro e abril de 2013, e de 81,38% a 94,37%, entre setembro e dezembro de 2014.
Conclusões: as estratégias educativas, ancoradas na sensibilização da equipe, otimizaram a adesão dos profissionais à verificação da identificação do paciente, o que contribui para o fortalecimento da cultura de segurança na instituição.
Palavras-chave: Sistemas de identificação de pacientes. Segurança do paciente. Indicadores de serviços. Educação continuada.


Palavras-chave


Sistemas de identificação de pacientes. Segurança do paciente. Indicadores de serviços. Educação continuada.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447