Evolução dos gastos hospitalares com internações psiquiátricas por drogas

Robsmeire Calvo Melo Zurita, Emiliana Cristina Melo, Rosana Rosseto de Oliveira, Maria do Rosário Dias de Oliveira Latorre, Thais Aidar de Freitas Mathias

Resumo


Objetivo: Analisar a tendência dos gastos com internações hospitalares psiquiátricas por drogas no município de Maringá-PR, no período de 1999 a 2012.
Método: Estudo ecológico, de séries temporais, com dados secundários do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH-SUS). Foram calculados os gastos médios mais frequentes por diagnóstico principal de internação por drogas do Capítulo Cinco da CID-10: álcool; maconha; cocaína e substâncias psicoativas. Utilizou-se o modelo de tendência de regressão polinomial.
Resultados: Houve tendência de aumento no gasto médio por cocaína e de outras substâncias psicoativas e tendência decrescente nos gastos médios por maconha. Os gastos médios apresentaram aumento significativo por drogas ilícitas.
Conclusões: Estudos econômicos apresentam-se incipientes, sendo oportunas pesquisas nacionais que abordem os gastos com internações por drogas com a finalidade de promover subsídios para a implantação e implementação da rede de atenção psicossocial, ambulatorial e hospitalar em consonância com o gasto público em saúde.
Palavras-chave: Sistemas de informação hospitalar. Distribuição temporal. Gastos em saúde. Hospitalização.


Palavras-chave


Sistemas de informação hospitalar. Distribuição temporal. Gastos em saúde. Hospitalização.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447