A administração de anestésicos voláteis como fator relacionado às náuseas e vômitos no período pós-operatório

Daniele Alcalá Pompeo, Lídia Aparecida Rossi

Resumo


Este estudo teve como objetivo analisar as evidências disponíveis sobre a relação entre administração de anestésicos voláteis e o diagnóstico de enfermagem náusea no período pós-operatório imediato, a partir de uma revisão integrativa da literatura nas seguintes bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs), PubMed, Cummulative Index to Nursing and Allied Health Literature (Cinahl) e Cochrane de Revisões
Sistemáticas (CDSR). A amostra constituiu-se de nove estudos. A administr ação de anestésicos voláteis no período
trans-operatório é um fator relacionado às náuseas e vômitos no pós-operatório (NVPO), de acordo com dois
estudos com nível de evidência II, dois com nível de evidência IV, um com nível de evidência VI e quatro revisões
de literatura. Os resultados sugerem associação entre anestésicos voláteis e NVPO

Palavras-chave


Náusea e vômito pós-operatório; Período pós-operatório; Diagnóstico de enfermagem

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447