Influência do cuidador informal na reabilitação do idoso em pós-operatório de fratura de fêmur proximal

Marla Andréia Garcia de Avila, Suelen Alves Rocha, Gilberto José Cação Pereira, Silvia Cristina Mangini Bocchi

Resumo


Objetivo: Verificar a influência do cuidador informal na independência funcional de idosos no pós-operatório de fratura de fêmur proximal por quedas.
Método: Revisão integrativa, cujo corpus de análise reuniu 23 artigos, entre 2002 e 2012, das bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Scientific Electronic Library Online, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, US National Library of Medicine e Scopus.
Resultados: Predominaram estudos com autoria de chineses e enfermeiros. A análise dos estudos evidenciou que as quedas seguidas por fraturas promovem a dependência de idosos e, consequentemente, a sobrecarga aos cuidadores, demonstrando o binômio idoso dependente-cuidador necessitar de apoio no processo de reabilitação.
Conclusões: Os cuidadores informais ainda precisam ser inseridos no planejamento e capacitados para o cuidado pelos profissionais da saúde, uma vez que influenciam positivamente a independência funcional no pós-operatório.
Palavras-chave: Idoso. Acidentes por quedas. Fraturas do fêmur. Cuidadores. Período pós-operatório.


Palavras-chave


: Idoso. Acidentes por Quedas; Fraturas do Fêmur; Cuidadores;

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447