Percepções da puérpera de alto risco acerca do ambiente hospitalar à luz de Florence Nightingale

Ariane Thaise Frello Roque, Telma Elisa Carraro

Resumo


Objetivo: compreender as percepções das puérperas de alto risco acerca do ambiente hospitalar sob a luz de Florence Nightingale. O puerpério de alto risco é caracterizado pelo período em que a mulher no pós-parto tem seu recém-nascido internado na unidade neonatal e necessita acompanhá-lo, vivendo momentos de transformações.
Métodos: estudo narrativo com abordagem qualitativa, sustentado em Florence Nightingale, realizado em uma instituição pública do sul do Brasil, de janeiro a março de 2010. Sete puérperas acima de 18 anos com recém-nascido internado na unidade neonatal foram sujeitos da pesquisa.
Resultados: as narrativas contextualizadas no hospital, ambiente de cuidado em que vivenciaram essa fase particular de suas vidas, denotam a busca de laços e apoio entre as puérperas de alto risco.
Conclusões: o desafio de conviver em ambiente desconhecido por tempo indeterminado, confiando seu filho aos profissionais enquanto está longe dos demais familiares, destaca as necessidades de cuidados de enfermagem nessa fase.
Palavras-chave: Período pós-parto. Cuidados de enfermagem. Unidades de terapia intensiva neonatal. Meio ambiente.


Palavras-chave


Período pós-parto. Cuidados de enfermagem. Unidades de terapia intensiva neonatal. Meio ambiente.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447