Danos à saúde dos trabalhadores de enfermagem em um serviço de hemodiálise

Francine Cassol Prestes, Carmem Lúcia Colomé Beck, Tânia Solange Bosi de Souza Magnago, Rosângela Marion da Silva, Alexa Pupiara Flores Coelho

Resumo


Objetivo: Mensurar os danos à saúde relacionados ao trabalho e associá-los com as características sociolaborais de trabalhadores de enfermagem de um serviço de hemodiálise do Sul do Brasil.
Método: Pesquisa quantitativa, realizada com 46 trabalhadores. Utilizou-se um questionário autopreenchível com dados sociolaborais e a Escala de Danos Relacionados ao Trabalho. Realizou-se a análise descritiva, bivariada e correlacional, com níveis de significância de 5%, usando os programas Epi-info® e Predictive Analytics Software.
Resultados: Os danos físicos, psicológicos e sociais foram avaliados como suportáveis, sendo identificada associação com a satisfação com a remuneração atual e afastamento do trabalho para tratamento de saúde (p< 0,05). As dores nas costas (3,74±2,04) e nas pernas (3,48±2,10) foram consideradas graves. Houve correlação direta entre os danos à saúde (r> 0,31, p< 0,05).
Conclusão: Apesar da avaliação positiva dos danos à saúde na população estudada, reitera-se a necessidade de medidas que favoreçam a saúde dos trabalhadores.
Palavras-chave: Enfermagem. Saúde do trabalhador. Diálise renal. Enfermagem em nefrologia. Trabalho.


Palavras-chave


Enfermagem; Saúde do trabalhador; Hemodiálise; Trabalho

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447