Associação entre a capacidade funcional de idosos dependentes e a sobrecarga do cuidador familiar

Ana Cláudia Fuhrmann, Carla Cristiane Becker Kottwitz Bierhals, Naiana Oliveira dos Santos, Lisiane Manganelli Girardi Paskulin

Resumo


A investigação objetivou caracterizar os idosos dependentes e seus cuidadores familiares
principais e verificar a associação entre a capacidade funcional do idoso e a sobrecarga do
cuidador. Estudo transversal com 112 idosos/cuidadores vinculados a uma unidade básica de
Porto Alegre. Instrumento com variáveis socioeconômicas, relacionadas ao cuidadoe escalas
de Atividades Físicas e Instrumentais de Vida Diária (AFVDs e AIVDs) eBurden Interview
foram aplicados.Utilizou-se teste de Correlação de Spearman. A média de idade dos idosos
foi de 81,41 anos, o escore médio para as AFVDs foi 10,36 e6,25 para AIVDs. Dos 112
idosos, 71,4% possuíam dependência grave. Dos cuidadores, 75% eram mulheres, 61,6%,
filhos, com média de idade de 57,98 anos e de sobrecarga de 29,53, equivalente à sobrecarga
moderada. Houve correlação significativa entre a capacidade funcional dos idosos e a
sobrecarga do cuidador. Verificou-se que, quanto maior a dependência do idoso, maior a
sobrecarga do cuidador.


Palavras-chave


Idoso fragilizado; Envelhecimento; Cuidadores; Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447