Prematuros de muito baixo peso: do nascimento ao primeiro ano de vida

Daisy Maria Rizatto Tronchin, Maria Alice Tsunechiro

Resumo


Prematuros de muito baixo peso estão mais vulneráveis à ocorrência de problemas de saúde. O objetivo deste estudo foi descrever algumas características dos prematuros de muito baixo peso em um hospital universitário de São Paulo, Brasil. Os dados foram obtidos de prontuários de 60 prematuros admitidos em 1999 e 2000. As médias do peso ao nascer, da idade gestacional e do tempo de permanência hospitalar foram: 1.084g, 30 semanas e 59,3 dias; esses neonatos submeteram-se a procedimentos invasivos como punção venosa, sondagem orogástrica, ventilação mecânica, cateterização venosa central, entre outros; 75,0% realizaram acompanhamento no ambulatório neonatal. As crianças demandaram assistência especializada, um longo período de internação e seguimento ambulatorial por equipe multidisciplinar.

Palavras-chave


Prematuro; Recém-nascido de muito baixo peso; Enfermagem neonatal

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447