A relação entre a mãe adolescente e o bebê pré-termo: sentimentos desvelados

Natália Rocha Chagas, Ana Ruth Macêdo Monteiro

Resumo


Estudo qualitativo que objetivou compreender como se estabelece a relação entre mães adolescentes e filhos prematuros, conhecendo os sentimentos destas mães em relação aos seus bebês. Foram investigadas 20 mães adolescentes em unidades de terapia intensiva neonatal de três instituições públicas, de agosto a outubro de 2004, em Fortaleza, Ceará, Brasil. Da análise temática das informações obtidas por entrevistas, aliadas à observação, emergiram as categorias: a vivência da maternidade e o relacionamento com o bebê. As mães se compadecem da dor e sofrimento de seus bebês e sentem-se responsáveis por tudo o que ocorre com eles, mudando seus hábitos de vida.

Palavras-chave


Inter-relação; Prematuro; Comportamento do adolescente; Emoções

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447