Percepções dos familiares de crianças sobre a consulta de puericultura na estratégia saúde da família

Tatiana da Silva Melo Malaquias, Maria Aparecida Munhoz Gaíva, Ieda Harumi Higarashi

Resumo


Estudo descritivo qualitativo que objetivou conhecer as percepções dos familiares de crianças
sobre a consulta de puericultura no contexto da atenção à saúde infantil. A coleta de dados
ocorreu por meio de entrevistas semiestruturadas, na cidade de Maringá, estado do Paraná,
Brasil, no período de dezembro de 2012 a fevereiro de 2013 e teve como participantes 19
familiares. Os dados foram analisados pela análise de conteúdo, modalidade temática, da qual
emergiu a categoria temática “Desvelando a puericultura sob a ótica dos familiares” e duas
sub-categorias. Os resultados mostraram um conhecimento incipiente dos entrevistados sobre
a consulta de puericultura, refletindo a carência de orientações sobre este atendimento. Os
familiares demonstraram a preferência pelo atendimento da criança pelo médico pediatra.
Percebem a participação do enfermeiro nesta atividade, porém de forma secundária.
Considera-se imprescindível que a consulta de puericultura seja valorizada pelos familiares,
buscando a efetiva participação multiprofissional nesta modalidade de atenção.


Palavras-chave


Família; Cuidado da criança; Crescimento e desenvolvimento; Saúde da criança

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447