Violência infantil e brinquedo terapêutico

Patrícia Kuerten Rocha, Marta Lenise do Prado

Resumo


Neste estudo foi construído um processo metodológico de cuidado junto a crianças institucionalizadas que sofreram violência. Teve como objetivo ampliar o conhecimento teórico-metodológico sobre o brinquedo terapêutico e desenvolver um modelo de cuidado para sua aplicação. O estudo foi desenvolvido com base na Pesquisa Convergente Assistencial, de abordagem qualitativa, de outubro de 2004 a abril de 2005, com três crianças. Os dados foram coletados por meio de entrevista aberta e observação participante. O processo de análise seguiu as etapas de apreensão, síntese, teorização e recontextualização. Os resultados demonstraram a aplicabilidade da proposta, já que favoreceu o processo de cuidado a essas crianças.

Palavras-chave


Violência; Jogos e brinquedos; Enfermagem

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447