Condições crônicas de saúde relacionadas à qualidade de vida de servidores federais

Luciana Eduardo Fernandes Saraiva, Lays Pinheiro de Medeiros, Marjorie Dantas Medeiros Melo, Manuela Pinto Tiburcio, Isabelle Katherinne Fernandes Costa, Gilson de Vasconcelos Torres

Resumo


Objetivo: O objetivo desse estudo é correlacionar os domínios da QV dos servidores com o tipo e a quantidade de condições crônicas de saúde.
Método: Estudo transversal, quantitativo, realizado no Departamento de Assistência ao Servidor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte com 215 servidores, durante o período de março a maio de 2011.
Resultados: Dentre as condições crônicas de saúde estudadas, constatou-se relação significativa entre a doença crônica não transmissível e escores de QV, correlacionando-se de modo fraco (r<-376; p<0,008) nos demais domínios. Verificou-se que, quanto maior o número de condições crônicas, menores são os valores da escala de QV.
Conclusão: A qualidade de vida dos servidores é influenciada negativamente pelas condições crônicas de saúde, comprometendo de forma geral suas atividades diárias de vida e trabalho.


Palavras-chave


Qualidade de Vida; Doença Crônica; Saúde do trabalhador; Enfermagem

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447