Elementos estruturais do pensamento crítico de enfermeiros atuantes em emergências

Maria da Graça Oliveira Crossetti, Greicy Kelly Gouveia Dias Bittencourt, Ana Amelia Antunes Lima, Martha Georgina Oliveira de Goés, Gislaine Saurin

Resumo


Objetivou-se neste estudo analisar os elementos estruturais do pensamento crítico (PC) do enfermeiro no processo de tomada de decisão clínica. Estudo exploratório, qualitativo, com 20 enfermeiros de emergências em três hospitais do sul do Brasil. A coleta de dados deu-se de abril a junho de 2009; aplicou-se um caso clínico validado, deste os enfermeiros listaram problemas de saúde, cuidados prescritos e ordenaram os elementos estruturais no PC. Na análise de conteúdo, desvelaram-se categorias às quais se relacionaram os elementos estruturais prioritários do PC, a saber: relação de fundamentos teóricos e práticos para tomada de decisão clínica: conhecimento técnico-científico e experiência clínica, processo de pensamento e tomada de decisão clínica: raciocínio clínico e bases para o julgamento clínico do enfermeiro: avaliação do paciente e ética. Concluiu-se que pensar criticamente é uma habilidade necessária para implementar o processo de cuidado de enfermagem seguro.


Palavras-chave


enfermagem, julgamento, processos mentais

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447