Educação para a saúde como estratégia de intervenção de enfermagem às pessoas portadoras de diabetes

Maria Aparecida Barbosa Rêgo, Adélia Yaeko Kyosen Nakatani, Maria Márcia Bachion

Resumo


Estudo descritivo que objetivou analisar um processo de educação, enquanto estratégia de intervenção de enfermagem, junto às pessoas diabéticas, aproximando-se dos pressupostos da metodologia da problematização e do referencial teórico da educação libertadora de Paulo Freire. Participaram do estudo, durante 4 meses, 19 portadores de Diabetes do Município de Nova Aurora, Estado de Goiás, Brasil. A discussão evidenciou que a atividade educativa dialógica foi capaz de contribuir para o despertar do potencial reflexivo, crítico e criativo do grupo; apresentando-se como uma importante estratégia de intervenção para o enfermeiro que trabalha na perspectiva de emancipação de seus clientes.

Palavras-chave


Educação em saúde; Enfermagem em saúde comunitária; Diabetes mellitus

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447