Representações sociais do HIV/Aids por profissionais de saúde em serviços de referência

Mariana de Sousa Dantas, Fátima Maria da Silva Abrão, Clara Maria Silvestre Monteiro de Freitas, Denize Cristina de Oliveira

Resumo


Pesquisa exploratória, descritiva, com abordagem qualitativa, apoiada navertente estrutural da Teoria das Representações Sociais. Visaapreenderas representações sociais de profissionais de saúde sobre o HIV/Aids descrevendo asua estrutura. Aplicou-sea Técnica de Evocações Livres com 86 profissionais de serviços de referência em HIV/Aids de Recife, Pernambuco, Brasil,no período de 2011 a 2013.A análise pelosoftware EVOC 2005 apontou como possível núcleo central o preconceitonuma dimensão atitudinal negativa; na zona de contraste, doençacrônica traduz o convívio com a doença. Na primeira periferia, tratamento e doença revelam uma concepção clínica/biomédica;na segunda,a morte possui caráter imagético e negativo. Evidenciaram-se elementos positivos e negativos possibilitando aos profissionais de saúde a construçãode sentidos atribuídos ao fenômeno e reflexões sobresuas práticas.


Palavras-chave


Psicologia Social; HIV; Pessoal de saúde; Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447