Participação do familiar nos cuidados paliativos oncológicos no contexto hospitalar: perspectiva de enfermeiros

Marcelle Miranda da Silva, Lorhanna da Silva Lima

Resumo


Objetivou-se compreender a perspectiva de enfermeiros acerca da participação do familiar na hospitalização em cuidados paliativos oncológicos, e analisar as estratégias de cuidado de enfermagem para atendimento das necessidades deste. Pesquisa descritiva, qualitativa, realizada no Instituto Nacional de Câncer, entre janeiro e março de 2013, com 17 enfermeiros. Utilizaram-se elementos do Modelo de Adaptação de Roy para interpretação dos resultados. Da análise temática emergiram duas categorias: perspectiva de enfermeiros sobre a presença e valorização do familiar na hospitalização; e apontando estratégias para incentivar a participação do familiar no cuidado e atender suas necessidades. A participação do familiar é essencial, sendo oportunidade para treinamento visando a assistência domiciliar. Os enfermeiros estabelecem estratégias para incentivá-la e buscar atender as necessidades. Os resultados contribuem para promoção da adaptação e integridade do familiar para equilibrar as condutas dependentes e independentes, visando qualidade de vida e conforto. Novos estudos são necessários pelos desafios da especialidade.


Palavras-chave


Enfermagem Oncológica; Cuidados Paliativos; Hospitalização

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447