Representações sociais de adolescentes acerca da relação sexual e do uso do preservativo

Elys Oliveira Bezerra, Maria Lúcia Duarte Pereira, Ana Clara Patriota Chaves, Priscila de Vasconcelos Monteiro

Resumo


O objetivo da investigação foi identificar como se estruturam as representações sociais sobre relação sexual e uso do preservativo para adolescentes. Pesquisa exploratória e descritiva, realizada com amostra não-probabilística de conveniência constituída por 234 alunos do ensino médio de uma escola pública de Fortaleza-CE, entre julho de 2009 e abril de 2010. Utilizou-se questionário com variáveis sobre nível socioeconômico e comportamento sexual e um Teste de Associação Livre de Palavras com três estímulos indutores: sexo, sexo sem camisinha e sexo com camisinha. A relação sexual foi representada por amor e sentimentos afetivos entre as mulheres, enquanto os homens representavam-na pelo prazer, desejo e atração ao corpo feminino. A camisinha considerada importante em ambos os grupos, porém os homens representavam-na como algo ruim e que dificulta ou não oferece prazer. O profissional tem a oportunidade de identificar vulnerabilidades às DST/HIV/aids, permitindo-lhe trabalhá-las da forma mais adequada.


Palavras-chave


doenças sexualmente transmissíveis, HIV, preservativos, adolescente, vulnerabilidade.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447