Compreensão de agentes comunitários de saúde sobre a Política Nacional de Humanização

Leila Cristiane Zanfolim, Ana Carolina de Fáccio Azevedo, Lara de Almeida Santos, Aline Aparecida Buriola

Resumo


Objetivo: identificar a compreensão do Agente Comunitário de Saúde sobre a Política Nacional de Humanização (PNH) e analisar se esses agentes reconhecem as ações de saúde desenvolvidas em seu cotidiano como aquelas estabelecidas pela PNH.
Método: a pesquisa é descritiva, exploratória e qualitativa, realizada no período entre junho e setembro de 2013, com 15 Agentes Comunitários de Saúde do Programa Estratégia Saúde da Família de um município do Oeste Paulista. A coleta de dados foi realizada mediante entrevista individual e roteiro semiestruturado, e os dados foram submetidos à análise de conteúdo.
Resultados: emergiram duas categorias: “Superficialidade no conhecimento: um entrave para a construção do cuidado humanizado” e “Ações de saúde humanizadas: tentando chegar mais perto”.
Conclusão: os conceitos básicos da PNH fazem parte do conhecimento desses profissionais, porém, o entendimento que eles possuem é superficial, o que repercute diretamente nas ações prestadas à comunidade.
Palavras-chave: Saúde. Políticas públicas de saúde. Agentes comunitários de saúde.


Palavras-chave


Saúde; Políticas Públicas de Saúde; Agentes Comunitários de Saúde

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447