Características socioeconômicas e qualidade de vida de idosos urbanos e rurais com doenças cardíacas

Darlene Mara dos Santos Tavares, Glendha Oliveira Arduini, Nayara Paula Fernandes Martins, Flavia Aparecida Dias, Lucia Aparecida Ferreira

Resumo


Objetivo: comparar as variáveis socioeconômicas e os escores de qualidade de vida (QV) de idosos com doenças cardíacas residentes nas zonas urbana e rural.
Método: inquérito domiciliar com 829 idosos urbanos e 220 rurais. Os dados foram coletados utilizando-se: Questionário Brasileiro de Avaliação Funcional e Multidimensional, WHOQOL-BREF e WHOQOL-OLD. A coleta na zona urbana foi de junho a dezembro de 2008, e na
rural, de junho de 2010 a março de 2011. Utilizaram-se testes qui-quadrado, t-Student e regressão linear múltipla (p<0,05).
Resultados: a proporção de mulheres e idosos com 75 anos e mais foi superior na zona urbana. Observaram-se menores escores entre idosos urbanos nos domínios físico e relações sociais e facetas autonomia, atividades passadas, presentes e futuras e intimidade; para os rurais, no meio ambiente, funcionamento dos sentidos e morte e morrer.
Conclusão: idosos da zona urbana apresentaram menores escores de QV em mais domínios e facetas comparados aos rurais.
Palavras-chave: Idoso. População rural. População urbana. Qualidade de vida. Doenças cardiovasculares. Atenção à saúde.


Palavras-chave


idoso, qualidade de vida, doenças cardiovasculares, atenção à saúde

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447