Crenças e sentimentos vivenciados pelas mães de recém-nascidos sob fototerapia

Antonia Do Carmo Soares Campos, Glória Da Conceição Mesquita Leitão

Resumo


Estudo de caso com mães de recém-nascidos submetidos à fototerapia realizado numa maternidade de Fortaleza, Brasil. Objetivou-se identificar as crenças e os sentimentos das mães ante o tratamento. Os dados foram coletados em entrevista realizada com duas questões abertas sobre as crenças e os sentimentos das mães. Resultado: 36,5% das mães sentem medo e tristeza; 27,3%, tristeza e culpa. Com relação às crenças, 45,5% das mães pensam que o bebê está desconfortável; 27,3%, que a criança corre risco de vida. Conclusão: as mães sentem insegurança e tristeza ante o tratamento fototerápico e, pensam ser desconfortável para a criança.

Palavras-chave


Fototerapia; Recém-nascido; Religião e psicologia; Emoções; Humano.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447