A saúde mental e o trabalho do enfermeiro

Valéria Cristina Christello Coimbra, Emília Nalva Ferreira Da Silva, Luciane Prado Kantorski, Michele Mandagará Oliveira

Resumo


O estudo objetivou conhecer, através de três enfermeiros de um hospital de Pelotas, Brasil, como os mesmos percebem sua saúde mental em relação ao seu trabalho e quais fatores causam prazer/sofrimento no trabalho. Trata-se de uma pesquisa descritiva, analítica e de abordagem qualitativa. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada. Os resultados foram apresentados através de temas centrais como: manifestações de prazer, sofrimento, e a saúde mental no trabalho. Conhecer os fatores que propiciam saúde mental, prazer, sofrimento no trabalho, abre possibilidades de mudanças para a enfermagem, contribuindo para a luta por questões de trabalho mais humanas e justas.

Palavras-chave


Saúde mental; Satisfação no emprego; Princípio do prazer-desprazer; Trabalho: psicologia; Humano

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447