O pai no contexto hospitalar infantil

Eunice Vieira de Moura, Nair Regina Ritter Ribeiro

Resumo


Neste estudo exploratório-descritivo, com abordagem qualitativa, aborda-se a relação pai-filho na hospitalização infantil. Os dados coletados, mediante entrevista semi-estruturada e diário de campo, na Unidade Pediátrica de um hospital de Porto Alegre, no período de dezembro de 2002 a abril de 2003, permitiram analisar as experiências e sentimentos do pai que cuida no hospital. Esse pai sente-se desconsiderado pela equipe de enfermagem, admirado ou malvisto pelas mães de outras crianças, por ser homem, mas acompanha o filho hospitalizado porque: já o cuida em casa; julga importante sua presença para recuperá-lo. Propõem-se programas que dêem suporte e motivem esses pais desde o pré-natal.

Palavras-chave


Paternidade; Relações pai-filho; Pais; Hospitalização; Criança hospitalizada; Cuidado do lactente

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447