Stress, coping (enfrentamento) e saúde geral dos enfermeiros que atuam em unidades de assistência a portadores de aids e problemas hematológicos

Eliane Da Silva Britto, Ana Maria Pimenta Carvalho

Resumo


Baseada na teoria de Lazarus e Folkman sobre estresse e enfrentamento, esta pesquisa propôs-se a responder questões relacionadas a como enfermeiros, que trabalham em duas unidades especializadas num hospital geral, avaliam seu ambiente de trabalho, sua saúde e como lidam com situações estressantes. Na unidade de doenças infecciosas, a avaliação, que os enfermeiros fizeram de seu ambiente de trabalho, não ultrapassou os limites do que se considera aceitável. Na unidade de alterações hematológicas, os resultados mostraram níveis mais altos de estresse. Em ambas as unidades, a avaliação de sua saúde foi considerada satisfatória e as estratégias de enfrentamento foram semelhantes.

Palavras-chave


estresse; coping; enfermagem.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447