Preceptoria na perspectiva da integralidade: conversando com enfermeiros

Ana Maria Maia Rodrigues, Consuelo Helena Aires de Freitas, Maria das Graças da Silva Guerreiro, Maria Salete Bessa Jorge

Resumo


Objetivou-se compreender a preceptoria em Enfermagem nos campos de práticas e sua articulação com a integralidade do cuidado. Pesquisa de campo qualitativa, realizada em Fortaleza, Ceará, Brasil, de abril a junho de 2012. Foram entrevistados 20 preceptores nos campos de prática de três Instituições de Ensino Superior em três hospitais da rede pública estadual e uma unidade básica de saúde. A análise temática permitiu a apreensão do tema Preceptoria, na perspectiva da integralidade, e as categorias empíricas: (des) integração do ensino serviço: o distanciamento da academia; o acolhimento do estudante no campo de práticas; no campo, a rotina ensina; a integração ensino-serviço sob a ótica do preceptor. Os resultados apresentaram a integração ensino-serviço em situações de risco mediante o biologicism e a lacuna entre instituições de ensino e os serviços de saúde, porém como, caminho de construção para as transformações necessárias, a consolidação do Sistema Único de Saúde.


Descritores: Enfermagem. Preceptoria. Sistema Único de Saúde.


Palavras-chave


Enfermagem; Preceptoria; Sistema Único de Saúde.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447