Mães de crianças com transtorno autístico: percepções e trajetórias

Michele Ebert, Elisiane Lorenzini, Eveline Franco da Silva

Resumo


O autismo infantil caracteriza-se por comprometimento grave e global em diversas áreas do desenvolvimento humano, o que gera ampla demanda de cuidados e dependência dos pais. Objetivou-se conhecer as percepções de mães de crianças com autismo quanto às alterações apresentadas pelo filho e suas trajetórias percorridas na busca pelo diagnóstico de autismo. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, com abordagem qualitativa, no qual participaram dez mães. A coleta de dados ocorreu em 2013, com entrevistas semiestruturadas. Da análise de conteúdo temática emergiram as categorias: percepções de mães quanto a alterações no comportamento e/ou desenvolvimento de seus filhos; e trajetórias das mães na busca pelo diagnóstico do filho. Após a percepção das alterações no comportamento/desenvolvimento, as mães enfrentam uma peregrinação pelos serviços de saúde.


Palavras-chave


Transtorno autístico. Saúde da criança. Saúde mental. Desenvolvimento infantil. Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447