Intervenção no processo trabalho-saúde-adoecimento baseada no modelo de sistemas de Betty Neuman

Denise Tolfo Silveira

Resumo


Este artigo propõe um marco referencial dirigido à área do trabalhador, na tentativa de responder às necessidades teórico-metodológicas nesta área de ação e neste campo de intervenção profissional. A discussão da relação trabalho-saúde-adoecimento e suas implicações para a enfermagem parece ser um assunto desafiante e, ao mesmo tempo, intrigante quando buscamos suas inter-relações. Portanto, pretendemos responder às indagações, adotando como caminho estrutural o Modelo de Betty Neuman, para sistematizar uma proposta de ação de enfermagem (consulta) comprometida com a relação trabalhosaúde-
adoecimento, investigando os estressores no trabalho, os recursos disponíveis no ambiente e mesmo no indivíduo, e as metas estabelecidas na relação de interação enfermeira-trabalhador. Interação esta de fundamental importância nas proposições de ações educativas e/ou assistenciais no campo da saúde do trabalhador. Pretendemos aqui, contribuir com informações e proposições que favoreçam a reflexão e o debate sobre esta temática.

Palavras-chave


Saúde do trabalhador; Metodologia de ação; Trabalhador; Saúde: adoecimento

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447