Estudo do absenteísmo como variável no planejamento de recursos humanos em enfermagem

Isabel Cristina Echer, Gisela M. Moura, Ana M. Magalhães, Ricardo Piovesan

Resumo


O estudo do absenteísmo na enfermagem é um aspecto importante para subsidiar o planejamento e a adequação dos recursos humanos, tendo em vista o caráter de continuidade do trabalho da enfermagem na área hospitalar durante as 24 horas do dia . Entende-se por absenteísmo as ausências nos momentos em que os empregados deveriam estar trabalhando normalmente. Buscou-se identificar o índice de absenteísmo e caracterizar os tipos de ausências no trabalho do pessoal de enfermagem em unidades de internação cirúrgica de um hospital universitário. Esta investigação teve caráter quantitativo, descritivo, retrospectivo. Os dados foram obtidos por meio de levantamento, de janeiro a dezembro de 1998. Os resultados evidenciaram 29,63% de afastamento do trabalho no período estudado. Este total é composto por 23,36% de ausências previstas e 6,35% de ausências não previstas como índice de absenteísmo calculado.

Palavras-chave


absenteísmo; enfermagem; recursos humanos.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447