ADAPTAÇÃO CULTURAL DO “QUESTIONNAIRES FOR KNOWLEDGE AND COMPLIANCE WITH STANDARD PRECAUTION” PARA O PORTUGUÊS BRASILEIRO

Marília Duarte Valim, Maria Helena Palucci Marziale

Resumo


O objetivo foi adaptar para o Brasil o “Questionnaires for Knowledge and Compliance with Standard Precaution”.
Estudo metodológico, cujas etapas foram: 1) traduções iniciais; 2) síntese das traduções; 3) comitê de especialistas;
4) retrotradução; 5) validação semântica e 6) pré-teste. A amostra foi de 42 enfermeiros, sendo que 12 participaram
da validação semântica e 30 do pré-teste. O estudo foi realizado em um hospital universitário do interior de São
Paulo, Brasil. A validação semântica evidenciou que os questionários estão compreensíveis, fáceis de responder
e adequados quanto ao conhecimento e adesão às precauções-padrão. O pré-teste confirmou a versão obtida.
O processo de adaptação cultural mostrou-se satisfatório e os questionários encontram-se adaptados ao português
brasileiro, e deve-se prosseguir com o processo de validação dos mesmos, para que as características psicométricas
sejam testadas. Só assim, os instrumentos estarão prontos para utilização.

Palavras-chave


Precauções-padrão; precauções universais; enfermagem; adaptação cultural; conhecimentos, atitudes e prática em saúde.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447