RECONHECENDO-SE COMO SUJEITO DE RISCOS: A CONSCIÊNCIA DOS POSSÍVEIS DANOS DA TUBERCULOSE

Maíra Rossetto, Dora Lucia Leidens Correa de Oliveira

Resumo


O artigo traz resultados de pesquisa qualitativa, desenvolvida com base na metodologia da Teoria Fundamentada
em Dados, objetivando apreender os sentidos, atribuídos por usuários aderentes ao tratamento da tuberculose, aos
riscos da doença. A coleta dos dados ocorreu entre maio e junho de 2012, por meio de entrevista semiestruturada
com 19 usuários aderentes ao tratamento, atendidos no Serviço de Assistência Especializado de São Leopoldo -
RS. Emergiu, da análise, destaque à atribuição de um sentido relacional para os riscos da tuberculose – possíveis
danos às interações do indivíduo doente com a sociedade. Reconhecendo-se como sujeito de riscos, os participantes
avaliam que riscos podem ser evitados a partir da adesão ao tratamento, assumindo uma identidade de sujeito
cuidadoso - preocupado com seu cuidado e com o cuidado do outro -, preservando, assim, relações pessoais e o
convívio na sociedade.


Palavras-chave


Risco. Tuberculose.Promoção da Saúde.Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447