O cotidiano de uma equipe de saúde – relato de caso

Maria da Graça Corso Motta, Anna Maria Hecker Luz, Ana Lúcia Magela de Rezende

Resumo


As autoras apresentam o relato de experiência do cotidiano de uma equipe de saúde sob o enfoque de alguns aspectos da micro sociologia, no qual o ser humano manifesta toda a sua teatralidade. A “ vida cotidiana” é desvelada a partir de um olhar mais atento dos profissionais que atuam na área da saúde. A vida cotidiana é o “palco” onde o enredo do viver se dá em toda sua complexidade, as alegrias, os sonhos, os conflitos e o sofrimento do dia a dia de cada ser humano. Através deste relato são analisados alguns aspectos da “centralidade subterrânea” que determina a existência humana. Constata-se que a categoria poder representada pelo jogo, tem destaque nas relações sociais de trabalho desta equipe. A teatralidade é outro elemento encontrado na análise realizada.

Palavras-chave


Cotidiano da equipe de saúde; Teatralidade; Vida cotidiana; Centralidade subterrânea

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447