SIGNIFICADO DO CUIDADO ÀS CRIANÇAS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA NA ÓTICA DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Luciana Vilma Oliveira Quintino Amaral, Annatália Meneses de Amorim Gomes, Sarah Vieira Figueiredo, Ilvana Lima Verde Gomes

Resumo


Objetivou-se descrever os significados do cuidado atribuídos por profissionais na atenção a crianças vítimas de maus tratos.
Trata-se de pesquisa descritiva de natureza qualitativa, realizada com 14 profissionais em uma emergência pediátrica
de hospital de Fortaleza, no período de março a junho de 2010, por meio de entrevista semiestruturada. Nos resultados,
identificaram-se duas categorias: “sentimentos e sofrimento do profissional de saúde” e “limitações à prática profissional no
cuidar de crianças violentadas”. Dentre os sentimentos expressos, estava a compaixão em relação às crianças maltratadas,
sendo esta um motivador profissional. Aqueles considerados negativos foram indignação e ira contra o agressor. Concluiu-se
que o cuidar de crianças vítimas de violência constitui um desafio para os profissionais de saúde dos serviços de emergência,
por envolver aspectos biopsicossociais que ultrapassam a lesão corporal propriamente dita e o universo hospitalar.


Palavras-chave


Maus-Tratos Infantis; Cuidado da Criança; Assistência à Saúde; Sentimentos.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447