Aplicabilidade do modelo de Roy: uma revisão da literatura de 1980 a 1991

Maria Lúcia Ivo, Maria Márcia Bachlon

Resumo


Realizamos revisão da literatura no período de 1980-1991, com os objetivos de: identificar os trabalhos que utilizaram o modelo de Roy; comparar a produção a nível nacional e internacional: identificar a área focalizada (assistência, ensino, aprimoramento teórico) e as contribuições das investigações em cada uma delas. Foram encontradas 37 publicações, das quais cinco são de autores brasileiros. Essa produção focaliza primordialmente a área assistencial, vindo a seguir a de aprimoramento teórico. Por último, temos a de aplicação ao ensino. Os primeiros estão voltados para o desenvolvimento de instrumentos e validação do modelo. Abrangem os aspectos da saúde e da doença, do ambiente hospitalar e da comunidade. No ensino, são estabelecidos critérios para seleção de Modelos para guiar o currículo de graduação, e são propostas estratégias que permitam sua utilização. No aprimoramento do referencial, os esforços se dirigem a algum componente específico ou ao Modelo como um todo, ampliando-o . Fica evidente a busca da operacionalização do Modelo de Roy e sua contribuição à prática de enfermagem.

Palavras-chave


Processo de enfermagem; Modelo de adaptação; Modelo de Roy

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447