ACESSO DE PARTURIENTES PARA A ASSISTÊNCIA AO PARTO EM HOSPITAIS UNIVERSITÁRIOS: CARACTERIZAÇÃO E FATORES ASSOCIADOS

Lorenna Viccentine Coutinho Monteschio, Jenny Karol Gomes Sato Sgobero, Sonia Silva Marcon, Thais Aidar de Freitas Mathias

Resumo


O estudo teve por objetivo analisar os fatores socioeconômicos, demográficos, obstétricos, neonatais e assistenciais associados ao acesso da parturiente à assistência ao parto. Foi um estudo transversal, realizado com 310 puérperas em dois hospitais universitários do estado do Paraná, Brasil, em 2011. O acesso ao parto foi analisado segundo as variáveis socioeconômicas, demográficas, obstétricas, neonatais e assistenciais. As puérperas foram entrevistadas durante a internação no hospital, nas primeiras 72 horas após o parto. Os dados foram analisados por frequências relativas e cálculo do x2, considerando-se associação significativa quando p≤ 0,05. A taxa total de mulheres encaminhadas aos hospitais universitários foi de 17,7%. Encontrou-se associação significativa do acesso ao parto com: residir em outros municípios; parto prematuro; recém-nascido de baixo peso; intercorrências na gestação atual e uso de ambulância. Conclui-se que os fatores associados encontrados neste estudo sugerem que a gestante com algum risco necessitou de encaminhamento para os hospitais universitários.


Palavras-chave


Assistência perinatal; Acessos aos serviços de saúde; Maternidades;Enfermagem

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447