TRAJETÓRIAS AFETIVO-SEXUAIS DE PESSOAS COM FERIDAS CRÔNICAS NOS MEMBROS INFERIORES: ASPECTOS NA ESCUTA TERAPÊUTICA

EVANILDA SOUZA DE SANTANA CARVALHO, Mirian Santos Paiva, Elena Casado Aparício, Gilmara Ribeiro Santos Rodrigues

Resumo


Estudo qualitativo com o objetivo de discutir as trajetórias de pessoas com feridas crônicas nos membros inferiores, focando as experiências afetivas e sexuais. Participaram 51 adultos atendidos num ambulatório de hospital público em Salvador, Bahia, entre 2008 e 2009. Os dados foram obtidos através do desenho estória-tema e de entrevistas em profundidade, durante a escuta terapêutica. Em seguida foram submetidos à análise de conteúdo temática e à análise de conteúdo para desenhos, respectivamente, surgindo três categorias: “trajetórias solitárias”, “fragmentadas” e “lineares ou contínuas”. Conclui-se que as limitações corporais impostas pelas feridas influenciam a subjetividade dessas pessoas, conduzindo-as a processos de perda da autoconfiança, autodepreciação e temor quanto a demandas afetivo-sexuais. Torna-se, pois, evidente a necessidade da promoção, não apenas de intervenções curativas para o corpo, mas também da escuta terapêutica e do apoio psicológico durante o cuidado proporcionado a essas pessoas.

Palavras-chave


Enfermagem holística; Sexualidade; Doença crônica; Imagem corporal.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447