Cuidados em recém-nascidos e puérperas executados por enfermeira durante a consulta de enfermagem

Maria Coeli Campedelli, Maria Romana Friedlanter

Resumo


A consulta de enfermagem é uma atividade que proporciona à enfermeira condições para atuar de forma direta e independente com o cliente, caracterizando, dessa forma, a sua autonomia profissional. Pretendeu-se neste trabalho levantar quais os problemas dos recém-nascidos e das puérperas que requereram a intervenção da enfermeira no sentido de executar "cuidados" durante o atendimento pela consulta de enfermagem e quais os tipos de cuidados que se fizeram necessários. O estudo foi realizado no Hospital Universitário da USP, no qual foram analisadas 2222 consultas de enfermagem executadas por 14 enfermeiras obstetras no ano de 1983. Os problemas foram computados e agrupados segundo segundo sua semelhança e identidade e divididos em: aqueles tipos de problemas que podem sugerir ou indicar alterações patológicas e aqueles tipos de probemas que surgiram em decorrência da atuação da mulher como mãe ou como puérpera. Quanto aos cuidados executados foram em número de 714 sendo 658 nos recém-nascidos e 56 nas puérperas. Quanto aos problemas que demandaram maior número de "cuidados" foram aqueles classificados como "problemas que podem sugerir ou indicar alterações patológicas" e quanto ao tipo de "cuidado", foram os "curativos no coto umbilical" no caso dos recém-nascidos e "curativos na cicatriz de cesárea" nas puérperas.

Palavras-chave


Consulta de enfermagem; Enfermagem Materno-Infantil

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447