Aleitamento materno em esquema rígido ou flexível: informações verbalizadas por puérperas

Carmen Gracinda Silvan Scochi, Vera Heloisa Pileggi Vinha, Regina Aparecida Garcia Lima

Resumo


O estudo faz uma análise das informações verbalizadas pelas puérperas sobre quando o recém-nascido deve ser alimentado. Entrevistou-se 76 puérperas internadas no Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, sob a orientação de um roteiro, estruturado com perguntas abertas, cujas respostas foram gravadas. Mediante os dados verificou-se que o esquema flexível ou "self-demand", foi a resposta de 65 (85,53%) puérperas. Das justificativas apresentadas 91,10% tinha o respaldo da literatura atual, sendo que a fome manifestada pelo choro da criança foi um dos argumentos mais freqüentemente utilizado. Das 11 (14, 47%) puérperas que optaram pelo esquema rígido 5 justificaram esta conduta tendo como base o modelo dos Berçários.

Palavras-chave


Aleitamento materno; Enfermagem Materno-Infantil

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447