MOBILIZAÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO POR EGRESSOS DE UM MESTRADO EM ENFERMAGEM

Valéria Binato Santili Depes, Wilza Rocha Pereira

Resumo


Estudo que objetivou compreender como o processo de formação no Mestrado em Enfermagem contribuiu para
mobilizar conhecimentos científicos em seus aspectos formais e políticos, pelos egressos atuantes em serviços de
saúde. Pesquisa qualitativa exploratória, realizada na capital de Mato Grosso, em 2012. Os sujeitos foram nove
egressos, mestres em enfermagem. Os dados foram coletados por entrevistas semiestruturadas e analisados por
meio da técnica de análise de conteúdo temática e discutidos através do referencial teórico da Análise Institucional.
Evidenciou-se o mestrado como dispositivo da instituição do conhecimento, sendo fortemente instituinte, por
mobilizar no processo educativo, a qualidade política do conhecimento. Concluiu-se que os mestres enfermeiros,
atuantes nos serviços de saúde, sentem-se melhor preparados para interferir e qualificar seus espaços de trabalho
pelo manejo do conhecimento científico, político e ético, refinado e aprofundado ao longo da formação no mestrado.


Palavras-chave


Enfermagem. Educação de Pós-Graduação em Enfermagem. Pesquisa em Enfermagem. Conhecimento.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447