RESULTADOS DE ENFERMAGEM PARA PADRÃO RESPIRATÓRIO INEFICAZ E VENTILAÇÃO ESPONTÂNEA PREJUDICADA EM TERAPIA INTENSIVA

Débora Francisco do Canto, Miriam de Abreu Almeida

Resumo


Este estudo objetivou validar os resultados de enfermagem selecionados a partir da ligação NOC-NANDA-I (Nursing
Outcomes Classification – North American Nursing Diagnosis Association - International) para os diagnósticos Padrão
Respiratório Ineficaz e Ventilação Espontânea Prejudicada em unidade de terapia intensiva. Estudo de validação de
conteúdo, realizado em hospital universitário brasileiro, com 15 enfermeiros com experiência clínica e conhecimento
das classificações. Os instrumentos continham escalas Likert de cinco pontos para atribuição do julgamento quanto à
importância de cada resultado (1ª etapa) e indicador (2ª etapa) aos diagnósticos. Calcularam-se as médias ponderadas
considerando: 1= 0; 2 = 0,25; 3 = 0,50; 4 = 0,75 e 5 = 1. Os Resultados sugeridos pela NOC com médias superiores
a 0,8 foram considerados validados, assim como os indicadores. Validaram-se os resultados Estado Respiratório -
permeabilidade das vias aéreas (Padrão Respiratório Ineficaz) e 11 indicadores, e Resposta à ventilação mecânica:
adulto (Ventilação Espontânea Prejudicada), com 26 indicadores.


Palavras-chave


Enfermagem; Processos de Enfermagem; Diagnóstico de Enfermagem; Classificação, Terminologia

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447