TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO TRANSCULTURAL DO INSTRUMENTO EDMONTON SYMPTOM ASSESSMENT SYSTEM PARA USO EM CUIDADOS PALIATIVOSa

Daiane da Rosa Monteiro, Miriam de Abreu Almeida, Maria Henriqueta Luce Kruse

Resumo


O objetivo do estudo foi realizar a tradução e adaptação transcultural, para o português do Brasil, do instrumento Edmonton Symptom Assessment System (ESAS-r). O ESAS-r é uma versão revisada da ESAS, que avalia nove sintomas em pacientes paliativos. Trata-se de um estudo metodológico que utilizou um referencial composto de seis etapas:
tradução, síntese, retrotradução, comitê de especialistas, pré-teste e submissão da tradução para apreciação dos autores. Como resultado, para adequação da gramática e vocabulário, surgiram alterações no título, enunciado e em determinados termos. No pré-teste, o termo náusea trouxe dúvidas e sugeriu-se uma explicação sobre o significado
da palavra. Recomendou-se a padronização das colunas do instrumento e a substituição de depressão por tristeza. Nesta pesquisa, o instrumento ESAS-r foi traduzido e adaptado para o português do Brasil, sendo o próximo passo a verificação das propriedades psicométricas.

 


Palavras-chave


Cuidados Paliativos; Escalas; Enfermagem

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447