A IMPLICAÇÃO DO APOIO SOCIAL NO VIVER DE PESSOAS COM HIPERTENSÃO ARTERIAL

ROSENEIDE SANTOS TAVARES, DENISE MARIA GUERREIRO VIEIRA SILVA

Resumo


Objetivou-se conhecer os tipos de apoio oferecidos pela rede de apoio social aos hipertensos e as implicações no viver. Estudo qualitativo cuja metodologia baseou-se na Teoria Fundamentada nos Dados. Foram entrevistadas 35 pessoas entre outubro de 2008 e agosto de 2010, sendo 22 hipertensas obrigatoriamente cadastradas no HIPERDIA numa Unidade de Saúde em Belém/PA, 5 familiares, 5 profissionais de saúde e 3 representantes de instituições da comunidade referenciados pelos hipertensos como integrantes da rede de apoio. Os dados foram submetidos aos procedimentos de codificação: análise, comparação e categorização. A categoria “Identificando os tipos de apoio social oferecidos às pessoas no seu viver com hipertensão arterial” foi a Condição Interventora da Teoria. Os tipos de apoio emocional, informacional e instrumental originaram-se principalmente das relações familiares e podem significar alternativas no tratamento, caracterizando um cuidado centrado no hipertenso e sua rede de relações, requerendo atenção dos profissionais de saúde, inclusive do enfermeiro.

Palavras-chave


Apoio Social; Doença Crônica; Enfermagem; Hipertensão

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447