Especialização em Enfermagem Modalidade Residência em Unidade de Terapia Intensiva: egressos no mercado de trabalho

Virginia Polli dos Santos, Iveth Yamaguchi Whitaker, Suely Sueko Viski Zanei

Resumo


Este estudo descritivo foi realizado com o objetivo de verificar como ocorreu a inserção de 26 egressos do Curso de Especialização em Enfermagem, Modalidade Residência em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) no mercado de trabalho, em outros programas de pós-graduação e o significado do Curso para a vida profissional. Os resultados obtidos por meio de questionário evidenciaram que: 73,1% dos egressos ingressaram imediatamente no mercado de trabalho e 11,4% concluíram o mestrado. Aquisição de autoconfiança, habilidade prática e expansão de conhecimentos foram relatadas como aspectos positivos. Atividades de gerenciamento, liderança de equipe e manuseio de equipamentos precisam ser reforçadas para melhoria da formação do enfermeiro que atuará em UTI.

Palavras-chave


Educação de pós-graduação em enfermagem; Unidades de terapia intensiva; Prática profissional

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447