ESTRATÉGIAS LÚDICAS DE COLETA DE DADOS COM CRIANÇAS COM CÂNCER: REVISÃO INTEGRATIVA

Amanda Mota Pacciulio Sposito, Valéria de Cássia Sparapani, Luzia Iara Pfeifer, Regina Aparecida Garcia de Lima, Lucila Castanheira Nascimento

Resumo


As crianças são as melhores fontes de informação sobre suas experiências e opiniões; e as pesquisas qualitativas têm
privilegiado desenvolver e aplicar técnicas que deem vozes a elas e facilitem a sua aproximação com o pesquisador.
Objetivou-se identificar, mediante revisão integrativa da literatura, recursos lúdicos utilizados na coleta de dados
de pesquisas qualitativas com crianças com câncer e suas formas de aplicação. Realizaram-se buscas sistematizadas
em bases de dados eletrônicas e biblioteca virtual, que, somadas a uma amostra não sistematizada, abrangendo o
período de 2000 a 2010, totalizaram 15 estudos. Identificaram-se os recursos de desenho, brinquedo terapêutico, fantoche, fotografia e dinâmicas de criatividade e sensibilidade que, associados ou não à entrevista, mostraram-se facilitadores da coleta de dados, direta ou indiretamente, ampliando a interação com as crianças e permitindo maior expressão de seus sentimentos. São apresentadas vantagens e limitações da utilização desses recursos, contribuindo-se para o planejamento de pesquisas com crianças.


Palavras-chave


Pesquisa qualitativa; criança; câncer

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447