A HISTÓRIA INFANTIL COMO RECURSO NA COMPREENSÃO DO PROCESSO SAÚDE-DOENÇA PELA CRIANÇA COM HIV

Jeanine Porto Brondani, Eva Neri Rubim Pedro

Resumo


O estudo analisou como uma história infantil, contendo questões relacionadas à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, contribui para a compreensão do processo saúde-doença pela criança com o Vírus da Imunodeficiência Humana. Foi realizado, em Porto Alegre, RS, entre maio e dezembro de 2011. Participaram cinco crianças, com idades entre sete e nove anos, e seus cuidadores. Utilizou-se grupo focal e entrevista, e os dados foram submetidos à análise temática de conteúdo. Emergiram duas categorias: Identificação com a história e a relação com o processo saúde-doença e Compreensão da história e do processo saúde-doença. Os resultados demonstraram que a história infantil é um recurso para conversar com as crianças sobre o processo saúde-doença sem revelar o diagnóstico, levando a uma compreensão de si e do tratamento. Considera-se que esse recurso pode ser uma estratégia para auxiliar os cuidadores e profissionais da saúde a iniciar o processo de revelação do diagnóstico.


Palavras-chave


Enfermagem; Criança; HIV; Literatura infantil.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447