ORGANIZAÇÃO DAS REDES DE ATENÇÃO À SAÚDE NA PERSPECTIVA DE PROFISSIONAIS DA ATENÇÃO DOMICILIAR

Angélica Mônica Andrade, Maria José Menezes Brito, Kênia Lara Silva, Lívia Cozer Montenegro, Beatriz Santana Caçador, Letícia Fernanda de Cota Freitas

Resumo


Trata-se de um estudo de caso qualitativo, cujo objetivo foi compreender a organização da rede de atenção à saúde na perspectiva de profissionais que atuam na atenção domiciliar. Para a coleta de dados, foram realizadas entrevistas, com roteiro semiestruturado, com sete profissionais que trabalham na atenção domiciliar. Por meio da análise de
conteúdo, foi possível identificar as seguintes categorias empíricas: Percepção dos profissionais da atenção domiciliar sobre seu trabalho no contexto da rede de atenção à saúde; Dificuldades para a articulação do Programa de atenção Domiciliar com os outros serviços da rede; e Oportunidades para a articulação entre os serviços de saúde a partir
do Programa de Atenção Domiciliar. Conclui-se que o trabalho desenvolvido no Programa de Atenção Domiciliar possui interface com outros pontos da rede de atenção à saúde, sendo considerado significativo para se efetivar os princípios doutrinários do Sistema Único de Saúde.


Palavras-chave


Assistência Integral à Saúde; Integração de Sistemas; Serviços de Assistência Domiciliar

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447